Clipping > Jornal


Pires

Folha de S. Paulo, Ilustrada, Mônica Bergamo.

Pires

Os produtores do documentário “Para Me Sentir Viva”, sobre a advogada Leide Moreira, que, devido a uma esclerose lateral amiotrófica, escreve poesias apenas com o movimento do globo ocular, não estão conseguindo fechar o orçamento de R$ 649,5 mil. “Sem isso, não vamos conseguir filmar com o (físico britânico) Stephen Hawking, que sofre da mesma doença e se comprometeu a participar”. diz Leide Moreira Jacob, filha da advogada.

Deixe um comentário